Poema – Poetisa Maria Gorete Casagrande “A Abençoada”

SÓ MINHA

Te aperto em meus braços.
Te sinto só minha.
Desde a tardezinha
Até o amanhecer
A noite é pequena.
As horas se apressam.
E a noite finda
Com tanto prazer.

O Sol se levanta
Seus raios brilhantes
Diz que me levante
Da cama macia!.
Pra que levantar?
Quero é te amar!
E tenho que esperar
Até findar o dia?

Há se eu pudesse!.
Quando amanhece
E agente pudesse
Ficar bem juntinhos.
Continuaria sentir seu calor.
E saciar de amor.
Até o fim dos meus dias. . .

Maria gorete C. Souza

Um comentário sobre “Poema – Poetisa Maria Gorete Casagrande “A Abençoada”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s