Poema – Poetisa Rosilda Dax “A Sedutora”

Contos de Amor

O mundo dos meus versos, versos espio…
Atento ao amor além palavras escritas.
Lidas nos olhos, entre recordações perdidas.
Meu mundo traçado no céu de menina..
Nele, sou solta como as palavras… como vento,
Como brisa, como ventania que são melodias para minha inspiração.

Debocho do amor, insana, cercada nas minhas confusões entre
arco-íris coloridos me resolvo.
No meu mundo tem um céu.
Onde só sei que nada sei.
Nele sou plena.
No meu céu no meu mundo tem uma linha reta…
O horizonte.

Durante o dia brinco com o sol.
A noite com a lua cheia de poesia, escrevo versos.
Me encanto com as estrelas.
Tudo isso faz com que eu escreva sonetos e poesias apaixonadas.
Todos me ajudam a compor. Assim a poesia flui com sutileza e me abraça apaixonada.

A lua deita-se sobre mim nua, e me faz eleita dama da noite.
E sem compromisso de fins e começo, contamos ao mundo poético em nossas poesias e nossas madrugadas.
São eternos contos de amor.

Rosilda Dax

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s