Poema – Poetisa Lenice Ferreira

DE REPENTE NÃO MAIS QUE DE REPENTE

O amor é uma busca incessante
a vida nos apresenta algo que chamamos de amor
pensamos que é a felicidade
E que ele realmente chegou
lutamos contra os defeitos
os preconceitos
e no final descobrimos
a solidão…
a decepção…
Nossa! Não era chegada a hora
E tantas buscas sem êxito
Em vão…
A vida passa e pensamos que jamais seremos felizes
E de repente ele surge do inesperado
simplesmente se instala no seu peito
dessa vez não há defeito
porque no amor
tudo se torna perfeito…

Lenice Ferreira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s