Poema – Poetisa Célia Casagrande “A Guerreira”

PAIXÃO

Quando a paixão te pega
Ela te prende, não tem jeito
Você se amarra, se entrega
Parece bala no peito.

Penetra em seu olhar
Descontrola o pensamento
Te fazendo delirar
Acelerando os batimentos

A paixão te deixa tonto
Te enlouquece corpo e mente
Faz do santo um pecador
Do gelo chamas ardentes
Não dá para resistir
Mesmo que você tente

E quem já sentiu
No corpo essa sensação
Sabe que ela domina
Te deixando sem noção.
Seu nome é tsunami
Seu codinome; paixão!

Célia Casagrande

3 comentários sobre “Poema – Poetisa Célia Casagrande “A Guerreira”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s