Poema – Poetisa Adele Pereira “A Pérola da Poesia”

ODEIO

Odeio essa espera louca
Que me deixa doida
Com vontade de lhe ver
Na esperança de lhe ter

Odeio esse desejo ardente
Que queima o coração da gente
Que maltrata, dilacera e mata
Por estar distante de você

Odeio esses encontros
Furtivos, escondidos
Perdidos em segredos
Demorados acontecer

Odeio essa mão, esse tato
Que desliza, aperta e toca
Pelo corpo a percorrer
Que excita e dá prazer

Odeio essa barba roçando
Meu pescoço arrepiando
Se arrumando, arrojando
Me encorajando, estimulando

Odeio-o afinal , quando afasta – se
Pois vai e eu fico, e me deixa tão só
Não sei o que pensas
Mas sei o que quero
Só quero inverter
O verso da moeda.

ADELE PEREIRA💞✍️
27/8/18

4 comentários sobre “Poema – Poetisa Adele Pereira “A Pérola da Poesia”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s