Poema – Poeta Manoel Câmara membro fundador da AMCAL

Soneto para Rita

É o meu coração quem grita
Nos rios desta cidade morrendo cheio de saudade venha me ver minha Rita

Mas ela igual a lua
Nasceu só para brilhar
Não será minha nem tua
Temos que nos conformar

Que uma mulher tão formosa
Que traz perfume de rosa
Não será minha nem tua

Ela será dos poetas
Das canções que a alma leva
Para os encantos da lua

07.03.2031 ás 23.57

Manoel Câmara

3 comentários sobre “Poema – Poeta Manoel Câmara membro fundador da AMCAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s