Poema – Poetisa Virgínia de Oliveira “A Empoderada”

Das negativas

Eu vou te deixar
na tua esquina
onde meninos brincam
com fogo, luz clarão.

Vou te olhar bem
nos olhos para decifrar
minha solidão.

Nada quero pra mim.
Do vazio dos teus dedos
escorre um amor que corrói.

Dói saber que de ti,
verde sonho,
as flores se negam ao sol,
esse que vagueia
por teus passos aturdidos…

E assombrado não desnuda
a ansiosa manhã.

Virgínia de Oliveira

Um comentário sobre “Poema – Poetisa Virgínia de Oliveira “A Empoderada”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s