Poema – Poetisa Clarisse da Costa

Mulher Jóia Rara

São tantas mulheres
Mas quem tu és?
Serás quem quiseres.
De sorriso solto,
Olhos gigantes
Querendo o mundo
E a vida pedindo sossego.
Com teus aromas
Inebria o caminho
Por onde passa.
És a Deusa de ébano
Do escritor,
O sonho de muitos
Que fantasiam…
Aquela que deixa
Intensidade e desejo.
Mulher,
Jóia rara da vida!

Clarisse da Costa

2 comentários sobre “Poema – Poetisa Clarisse da Costa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s