Poema – Poetisa Carmen Haddad

Vamos levar a poesia em tempos difíceis

Vida

E a vida foge.
Independente da minha vontade.
Um ciclo fecha, para um novo recomeço.
Assim nas minhas andanças, não vou deixar de recolher todas as pedras que encontrar no caminho.
Vou fazer minha travessia em meio à sonhos, desejos inquietos da alma, na serenidade de existir hoje.
Contemplar os ramos de flores campestres , na multiplicidade de cores que enfeitam a vida, aos olhos daqueles que conseguem enxergar a luz da alma.
Nos devaneios, percorro longas estradas, podendo chegar à longevidade.
Não é uma determinação.
Mas faço da vida uma doce melodia, que me faz cantar, mesmo nas horas mais tristes.

Carmen Haddad
Rio de Janeiro RJ

Um comentário sobre “Poema – Poetisa Carmen Haddad

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s