Poema – Poetisa Adele Pereira “A Pérola da Poesia”

PERDOA-ME

Pés pútridos
Corpo esquelético
Mãos ensanguentadas
Açoite, crucificação

Tamanha ausência
De piedade
Que rasga a carne
Dilacera a alma
Se ver no abandono
Olhos turvos
A procura de alento
Rejeição dos amigos

Quem aguentaria?

O ser só.

Tendo consciência
De quem é !!!!!
Porque pai?
Tamanho sacrifício
Porque essa dor?
Essa perda de dignidade
De homem encarcerado
Açoitado, fétido , nu

O filho de DEUS

Em meio a ladrões
Crucificação de Cristo
Que sentiu na pele
A ação dos homens
Qual fixa na cruz
Suas dores ,sua fé
Seu louvor, seu orar

Em penitência
De homem fraco
frágil descrente
Assim somos nós
Diante da cruz
Pedindo perdão
A se redimir

ADELE PEREIRA

3 comentários sobre “Poema – Poetisa Adele Pereira “A Pérola da Poesia”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s