Poema : Poeta Plácido Amaral

“VENEZA”

*
Quero te dar um presente
Para te dar a certeza
Que estás em mim todo instante
Na alegria ou na tristeza;
Que tal meu bem, eu te dar
Para você navegar,
Todos canais de Veneza?

**
Eu seria o condutor
De algum barquinho enfeitado
Com as flores multicores
Num passeio perfumado,
Seria teu guia em vida,
Teu marinheiro, querida,
Teu pastor apaixonado.


No barco iria mostrar
A Veneza os teus encantos,
Sei que a cidade teria
De ti, ciúmes e prantos,
Mas no fim, resignada,
Ela ouviria calada,
O som dos teus lindos cantos.


Me dizendo que a paixão
Nesta Veneza tão bela,
Navegou pelos canais
Numa paisagem singela;
E quando, no por do sol,
A noite, escuro lençol,
Te abraçaria na tela.


Com seu sorriso faceiro
Que veio me enfeitiçar,
Desfilando na pintura
Para enfim me namorar…
Um sorriso mais brilhante
Que a luz da lua ofuscante
Que insiste em me iluminar,


Nos versos mais inspirados
Que este poeta amador,
Escreve na madrugada
Exaltando a sua dor,
Escreve em plena incerteza
Ao se lembrar que Veneza
É só um sonho de amor…

FIM

PLÁCIDO AMARAL
Caicó/RN. 23/04/2021

Um comentário sobre “Poema : Poeta Plácido Amaral

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s