Poema : Poeta Raimundo Ramos

PRIMEIRO AMOR

Jesus, o meu primeiro amor,
Ele nunca me abandonou,
Meu coração de pedra,
Ele simplesmente transformou,
Meu fardo pesado,
Carregar sempre me ajudou.

Jesus, meu doce amor,
Com o exemplo que Ele deixou,
Me ensinou a viver
Meu jeito de vida mudou,
Ninguém carrega a cruz,
Como Ele carregou.

Meu coração sem tristeza,
Nele só tem ardor,
Jesus fez maravilha,
A Ele glória e louvor,
Jesus, o príncipe da paz,
Jesus, o meu primeiro amor.

Raimundo Ramos
Poeta paraense.

Poema : Poetisa Antonia Nery Vanti

MINHA CAMINHADA

Enfrentei estradas pedregosas,
andei por jardins floridos.
Sofria, mas logo tudo mudava.
Os caminhos que num dia me fizeram sofrer,
no outro eram benignos para meu viver.

Vi nuvens negras a meu redor,
também vi o sol que brilhava, tornando tudo melhor.
Vi o mundo se transformando ,os costumes mudando.
Nada foi sempre igual.

Já andei muitas léguas nesse meu caminhar.
Muitas lágrimas rolaram por minha face,
ao ver a miséria nas ruas, a dor nos rostos,
precocemente envelhecidos.

Mas sempre tive fé, esperança de melhores tempos.
Essa esperança, essa fé hão de acompanhar-me
até o fim de meus dias.

Quem sabe, antes de fechar para sempre meus olhos,
verei espalhadas pelo mundo a fartura, a bonança ,
a felicidade, a honestidade, a alegria…

Aí sim, tudo que passei, teria valido pena…
Partiria daqui com um sorriso de felicidade
iluminando-me a face…

Antonia Nery Vanti (Vyrena)
Direitos autorais reservados®

29-04-2021

Poema : Poetisa Patricia Campos

Sensibilíssima

Vidros que sorriem
Refletem o azul
Um infinito a expandir
Em seu interno blue

Denota a eternidade
Sua sensibilidade
O amor encontra a verdade
Eis o motivo da alacridade

Sente-se leve
Dança ó bailarina
Transforma o que era agreste
Em delicadeza sentida

Parece caminhar sobre as nuvens
Passos embalados ao som celestial
Sua luz é como a dos vagalumes
E como os pássaros tens o dom orquestral

Ó consciência singela
Seu olhar carrega o bem
Das flores és a mais bela
E seu amor transcende além

És indestrutível
Mesmo que o pó esvaneça
Tens uma força incrível
Que ultrapassa este mero planeta

Vai muito além do horizonte
Dentro deste pequeno universo
Saiba que és santo monte
Inspirada pelo Ser eterno

Em nada deves temer
Confie na vida que tens
O anjo que mora em você
Não a deixa ser refém

Trouxe-lhe a liberdade
No interno arquitetou seu cais
És teu mar em divindade
O teu barquinho de paz

Segure-se firme em suas mãos
Que não irás perecer
Ele é o dono do teu coração
Sua simetria, seu eterno ser

Por Patricia Campos 🌺

Tema: inspirado em Luciana Sonim- Embu das Artes -SP

Participe você também dos poemas! Faça sua sugestão enviando um tema. Ele será veiculado aqui e no site http://www.razaodavida.com acesse!

Poema : Poetisa Michele Mi

No bico do corvo

Tudo depende da visão
O que vê tua imensidão
Qual a exegese da expressão?
Desvende ó coração

O que parece ser ruim
Diante olhos mortais
Talvez não seja o fim
Mas desígnios celestiais

Onde está a saída?
Não vejo solução
Queria sentir a brisa
Cessar a lamentação

Recebi do alto do céu
O necessário ao meu corpo
Alimento doce como mel
Trazidos no bico do corvo

Minha carne pode estar ao chão
E todos zombarem de mim
Mas quem vê meu coração
E o prazer que sinto em mim?

A miséria está na alma
Que desdenha da sabedoria
Que não tem a vida na palma
E enlouquece na correria

Nem só de pão vive o Homem
Quem entende essa linguagem?
A matéria fenece, logo some
Estamos aqui de passagem

Recebi do alto do céu
O necessário ao meu corpo
Alimento doce como mel
Trazidos no bico do corvo

Michele Mi ❤️
Tema sugerido por: Roberto Marino – Embu das Artes/SP

Participe você também dos poemas! Faça sua sugestão enviando um tema. Ele será veiculado aqui e no site http://www.razaodavida.com acesse!

Poema : Poetisa Rita Santarém “A Romântica”

Deusa do amor

Essa mulher de sorriso encantador
Que com sua meiguice escreve versos e rimas como carícias sabe fazer – se uma deusa quando com sua beleza revela – se no amor.
Sabe conquistar o seu homem com ousadia e doçura, levando – o à loucura com seu jeito sedutor.
Tem no olhar a pureza de menina que prende e fascina nessa doce inspiração que faz disparar o coração.

Rita Santarém