Poema : Poetisa Maria de Lourdes da Costa

LAÇOS DESFEITOS…

Cacos…
Pedaços
Cristais quebrados
Vidros no chão
Nó desatado
Laços desfeitos
Amores rompidos
Nas madrugadas frias
Serenada de dor
Olhos vermelhos Denuncia
Coração sangrando
Mãos vazias
De amores nunca abraçados
Nunca tocado
Nunca consumado
Nunca maculado
Sentimento puro
Guardado no peito
Desalmado
Friamente
Pega de jeito
Sem explicação
Crava estileto
No peito
Arranca o coração.
Mata este amor
A traição.

MARIA DE LOURDES da Costa.
Aroma, Sabores & Amores
Dourados/MS, 02/05/2021-03:20 hs
DAR. Lei 9610/98

3 comentários sobre “Poema : Poetisa Maria de Lourdes da Costa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s