Poema : Poetisa Elza Melo “A Preciosa”

Calmaria

Às vezes a vida insisti
Que eu me torne áspera
Ainda assim meu coração
Preserva a doçura
A quietude
A plenitude
Quero o amor
Minha principal prioridade
Nas turbulências
Não deixar apagar
A primavera que mora no meu sorriso
Deixar a paz adocicar meus dias
As energias positivas
Aquecer minha alma
São as pequenas coisas
Embora tão simples e delicadas
Que suprem meus dias de calmaria.

Elza Melo
03.05.2019

Titular da cadeira no. 11 da ACLA – Academia Capanemense de Letras e Artes

2 comentários sobre “Poema : Poetisa Elza Melo “A Preciosa”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s