Poema : Poetisa Rose Rosário

SPINA
BUSCA INCESSANTE

Percebeu. Não existia
cantoria até encontrar
rouxinol no entardecer.

Perceber natureza das naturezas belas,
enfeitada conforme tonalidade da alma,
buscando enlaços, para não endoidecer.
Pousa breve, vertiginoso, com palavras
seduz; celebração sensível ao anoitecer.

Rose Rosário

2 comentários sobre “Poema : Poetisa Rose Rosário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s