Poema : Poetisa Michele Mi “A Maravilhosa”

Falsa liberdade

Onde estão suas lindas asas?
Que não as vejo reluzir
Nossas mãos deve bordá-las
Deixando lume nos conduzir

Inimigo fatal do engano
Mantém seu olhar na penumbra
Coração falso e profano
Com a perversidade se deslumbra

Pensas ser tão livre
Mas não percebe seus enlaços
Interno se debate como o cisne
Afogando-se no amargo lago

Falsa liberdade
Palavras frívolas e aparência
Espelhe a si mesmo de verdade
Desvende sua própria consciência

Insana mente alienada
Fez-se cauda e não cabeça
Presa fácil manipulada
Triste fim de uma sentença

Detalhes ocultos são elos
Aumentando suas correntes
Construindo na areia seu castelo
Relações tóxicas e entorpecentes

Imaturidade que encobre
Realidade aos olhos tão visível
Deixando inverso extremamente pobre
Singela alma insensível

Falsa liberdade
Palavras frívolas e aparência
Espelhe a si mesmo de verdade
Desvende sua própria consciência

Por Michele Mi❤️

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s