Poema – Poetisa Maria Gorete Casagrande “A Abençoada”

MEU CÉU

Seu olhar é o meu céu
Como gosto de olhar
Parece com as estrelas
Quando no céu a brilhar
Esses lindos olhos seus
Por quem fui me apaixonar.

Esse olhar me fez sentir
Que a vida pode ser bela
Quero ser iluminado
Pela luz dos olhos dela
Para seguir meu caminho
Ela e eu, eu e ela.

Posso ver o céu azul
Nos seus olhos tentadores
Meu coração acelera
E eu sei que é de tanto amor
Minha vida sem você
É um martírio de dor.

Maria Gorete C.Souza

Poema – Poetisa Rita Santarém “A Romântica”

Inquestionável Imaginação

Consegui mergulhar
Em teus infinitos
Onde encantei – me ,
E encontrei – me
E sem querer, te amei

Seus mistérios
Já não me assustam ,
Conquistam – me
Com a doce
E inquestionável Imaginação

Vou perseguir meus sonhos
Onde posso encontrar – lhe
Com a segurança
De um riso puro
E um olhar de encantamento

Talvez não existam tantos mistérios
Para uma alma que
Nunca deixou de amar.

Rita Santarém

Poema – Poetisa Antonia Nery Vanti Vyrena

V(Y)RENIANDO POÉTICO (NOV0 ESTILO POÉTICO)
Criado pela poetisa Antonia Nery Vanti (Vyrena)
De Porto Alegre R/S

REGRAS:
Estrofe de cinco versos
Rimando 1,3,5 ——— 2,4

Todos os versos terão que ser iniciano por uma das 5 letras de VRENA
Não precisa ser nessa ordem.
Título opcional

Ex:

Nascer do sol

Vendo o sol nascer brilhando,
Alma entoa uma canção mui bela.
Nas janelas abertas, o calor vai entrando
E ilumina como, se pintasse uma tela,
Refletida nas paredes, que de cor vão mudando